LEVANDO LITERATURA PELOS VALES

Incenivar a leitura em grandes centros como Belo Horizonte, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre; realizar megas feiras literárias, salões do livro, bienais em lugares já com tantos recursos é muito louvável, assim como trabalhar a leitura com alunos em escolas bem estruturadas, grandes, equipadas e sortidas de livros e projetos é uma ação que precisa continuar. Mas trabalhar a leitura em lugares que não têm sequer uma livraria por perto, quando muito (e muito mesmo) uma banca de revista, sendo que muitos nem isso, em escolas onde os livros são escassos e o acesso a eles mais ainda em todos os sentidos, é bem diferente… E aí eu me pergunto:

“qual a diferença humana, veja bem: ‘humana’ entre crianças de todos os lugares?”

Sou nascido e criado em Belo Horizonte, uma cidade que eu amo, mas há 9 anos moro em Padre Paraíso, uma pequena cidade no Portal do Vale do Jequitinhonha e que também aprendi a amar, e o que encontrei aqui e nas cidadades e municípios ao redor, nas zonas rurais me faz refletir no que queremos, no que nos move e qual o alcance de nossa consciência quando enchemos o peito e falamos: “precisamos incentivar a leitura…”

COM-FLUÊNCIAS – PÉTALAS POÉTICAS

Quando nos deparamos com algo assim é que enxergamos o valor de acreditar em todas as possibilidades; é quando o que para muitos é uma obrigação ou mesmo uma tarefa, para eles é um convite e para nós uma realização ao ver jovens acreditando em si mesmos e indo muito, mas muito além de muitos com o dobro ou o triplo de oportunidades. Isso, sim, é verdade, é respeito um pelo outro, isso é inclusão por quem sabe fazer, é cultura, é educação que vale a pena, é Vale do Jequitinhonha. Parabéns a ASCAI – Associação da Criança e do Adolescente de Itaobim e muito obrigado pela oportunidade e por acreditarem na Árvore das Letras e na Alforria Literária. Ver estes jovens com os livros nas mãos e os olhos brilhando, livros que eles escreveram na oficina de (Re)Construção Poética e que tivemos a oportunidade de produzir e publicar é uma felicidade sem tamanho. Que prazer este encontro!