LEVANDO LITERATURA PELOS VALES

Incenivar a leitura em grandes centros como Belo Horizonte, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre; realizar megas feiras literárias, salões do livro, bienais em lugares já com tantos recursos é muito louvável, assim como trabalhar a leitura com alunos em escolas bem estruturadas, grandes, equipadas e sortidas de livros e projetos é uma ação que precisa continuar. Mas trabalhar a leitura em lugares que não têm sequer uma livraria por perto, quando muito (e muito mesmo) uma banca de revista, sendo que muitos nem isso, em escolas onde os livros são escassos e o acesso a eles mais ainda em todos os sentidos, é bem diferente… E aí eu me pergunto:

“qual a diferença humana, veja bem: ‘humana’ entre crianças de todos os lugares?”

Sou nascido e criado em Belo Horizonte, uma cidade que eu amo, mas há 9 anos moro em Padre Paraíso, uma pequena cidade no Portal do Vale do Jequitinhonha e que também aprendi a amar, e o que encontrei aqui e nas cidadades e municípios ao redor, nas zonas rurais me faz refletir no que queremos, no que nos move e qual o alcance de nossa consciência quando enchemos o peito e falamos: “precisamos incentivar a leitura…”

2 comentários em “LEVANDO LITERATURA PELOS VALES”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s